A missão do grupo de trabalho é identificar, designadamente, os depósitos minerais críticos e estratégicos, com a respetiva incidência territorial, e sistematizar o conhecimento disponível sobre os recursos geológicos.

Um grupo de trabalho foi criado, por despacho esta terça-feira publicado, para identificar o potencial mineiro nacional, atendendo às necessidades de matérias-primas para abastecimento da indústria, e preparar em seis meses uma proposta de estratégia dos recursos geológicos.

O Secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, determina no despacho que o grupo de trabalho identifique as ações a prosseguir com vista à preparação da Estratégia Nacional dos Recursos Geológicos, apresentando em seis meses uma proposta de despacho que apoie a elaboração de programas setoriais e especiais.

A missão do grupo de trabalho é identificar, designadamente, os depósitos minerais críticos e estratégicos, com a respetiva incidência territorial, e sistematizar o conhecimento disponível sobre os recursos geológicos, “coligindo toda a informação disponível” sobre as atividades de revelação e de aproveitamento de depósitos minerais, com a respetiva identificação, caracterização e incidência territorial, lê-se no despacho.

O grupo é constituído por representantes da DGEGDireção-Geral de Energia e Geologia, que coordena, LNEGLaboratório Nacional de Energia e GeologiaEDM – Empresa de Desenvolvimento Mineiro, ACPMRAssociação Cluster Portugal Mineral Resources, ASSIMAGRA , ANIET  e APGAssociação Portuguesa de Geólogos

In: TSF